Home » Destaques » Você já ouviu falar em coaching ministerial?

Você já ouviu falar em coaching ministerial?

Você já ouviu falar em coaching ministerial? Pois é, no Brasil estes profissionais atuam entre as mais variadas lideranças evangélicas prestando serviços de acessória, palestras motivacionais, autoconhecimento, entre outras coisas. No entanto, as ideias que envolvem as atuações desses profissionais em Igrejas se dividem.

Coach é uma palavra em inglês que significa treinamento. Sua função é auxiliar pessoas a alcançarem suas metas profissionais (tipo de auto ajuda). Segundo o portal FEBRACIS, o coach também atua desenvolvendo habilidades humanas, trabalhando com técnicas para desenvolver o autoconhecimento das pessoas. (FEBRACIS. O guia completo sobre o que é coach <https://www.febracis.com.br/o-que-e-coach/>. Acesso em 12 abril. 2019).

Há quem diga que o termo auto ajuda possa, subjetivamente, comprometer a transcendência do homem tirando a centralidade em Cristo. Cristo é o centro de todas as coisas. Tudo foi criado por meio dEle e para Ele. Ele é antes de todas as coisas. NEle tudo subsiste. (Colossenses 1:17). O texto em João é o tanto quanto crítico a essa questão: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo (João 16:33)”.

A verdade é que o evangelho nunca nos prometeu uma vida boa, mas Cristo nos ensinou a vencer o mundo (e não foi preciso um coach dizer isso). Muitos sermões usufruem desse tipo de apelo. Talvez o problema não esteja na intenção e sim no desvio de conduto entre a mentoria e o discipulado.

A fim de entender as nuances da sociedade, o discipulador baseia-se em ensinamentos bíblicos e na psicologia pastoral. Enquanto o coaching usufrui de técnicas de PNL (Programação neurolinguística) que permite identificar modelos mentais (CBPNL. O que é PNL? <https://www.pnl.com.br/pnl/>. Acesso em 12 abril. 2019). Cabe ao líder discernir o que é melhor: clientes motivados ou crentes preparados para viver o evangelho da Cruz?

A Teologia coaching é por excelência uma continuidade da Teologia da Prosperidade. Assim, não justifica voltarmos a algo falido (quebrado). Vamos à palavra de Deus: “Os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles (2 Coríntios 4:17)“. Definitivamente o verdadeiro cristão busca por sua redenção no céu e não em aperitivos neurológicos.

Vivemos pela graça e isso nos basta. A valer todos os nossos incentivos estão nas escrituras. Cristo fala ao coração e as escrituras falam por si. Deus capacita os leigos e os necessitados a praticar a vida que vale a pena ser vivida. A bíblia diz: “A alegria do Senhor é a nossa força (Neemias 8:10)“. É assim e sempre será, no que se entende sobre o Evangelho.

Por Fagner Carvalho

Comente!

Você já ouviu falar em coaching ministerial? Reviewed by on . Você já ouviu falar em coaching ministerial? Pois é, no Brasil estes profissionais atuam entre as mais variadas lideranças evangélicas prestando serviços de ace Você já ouviu falar em coaching ministerial? Pois é, no Brasil estes profissionais atuam entre as mais variadas lideranças evangélicas prestando serviços de ace Rating: 0
scroll to top